Um grande amor nunca se esquece

Quem gosta de moto e nunca teve um grande amor na vida?????
O meu foi uma igualzinha a da foto, vermelhinha, (acho que porque eu trabalhava em uma organização de carros vermelhos), paralamas reluzentes, motor não tão potente, mas que importava?
Era uma inesquecivel e brilhosa honda CG 125cc, 1983, 4 marchas, carburador com sistema ECO de economia de combustivel e placa MN 686, comprada em 24 pagamentos.
Mas você pode me perguntar e daí? Daí que se tornou a minha companheira de aventura. ìamos praticamente a todos os lugares e não era ciumenta, muito pelo contrário: atraia as garotas,(é verdade!!!!)
O nosso relacioamento foi algo assim muito intenso, mas não durou muito. após um ano e meio eu pensei que não era feliz e fui atrás de novas experiencias e assim dei um jeito de trocá-la num carro, (um FIAT 147, velho pitimbado e fumacento arg…)
Mas como desta vida nada se leva e o que fica relamente são nossas lembranças, que bom poder compartilhá-las!
Um abraço e conte nos as suas histórias também.
Nilson Silva.

One Response

  1. Anonymous 14 de novembro de 2011

Add Comment

Translate »
Contato

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem