MOTOS ESPORTIVAS ATÉ 250 CC.


Por Nilson Silva

       

  O que caracteriza uma moto esportiva? Segundo Nilson, (ou seja, eu mesmo hehehe), Estas máquinas possuem um conjunto de detalhes que as fazem diferentes das outras, tais como:
 Posição de pilotagem, com o corpo inclinado para frente e pernas semi fletidas..
 Baixa altura do solo.
Guidão curto e carenagem para diminuir a resistência do ar
Banco do garupa com desnível acentuado em relação ao banco do piloto.
Pneus largos para aumentar a área de contato com o solo.
Motor com desempenho excelente, conseguindo desta forma extrair mais cavalo motor por cilindrada que as não esportivas. Ressalto que para ser considerada esportiva no CN (critério de Nilson), a moto tem que possuir pelo menos os seis detalhes listados acima juntos, ou algo muito parecido.
Feitas as definições preliminares vamos apresentar todas as representantes desta categoria. Na verdade duas mocinhas orientais, lindas charmosas e muito comportadas para o meu gosto. 

                                             
                                                       KAWAZAKI 250 NINJA 

Kawazaki ninja ‘cheiro verde’

Vamos começar com a KAWAZAKI NINJA 250 CC, que desembarcou por aqui nos idos de 2009, nipônica de origem, porém vinda da Tailândia, mas já está sendo produzida em Manaus, sendo a moto mais vendida da marca aqui no Brasil, com 3.415 unidades vendidas de janeiro a setembro de 2010.
Quem testou afirma que a posição de pilotar é mais ereta e menos esportiva que de outras motos do segmento. Também se falou sobre o superdimencionamento dos freios e do painel retrógrado, com 3 mostradores analógicos. Cá pra nós eu acho lindo!
Não podemos esquecer que é uma moto para quem está iniciando-se no mundo das esportivas, assim não pode se esperar muito da garota!
Vamos aos dados: Motor: 2 cilindros paralelos, refrigeração líquida, 249cc, 33cv a 11.000 RPM, Torque 2,24 Kgm a 8500 RPM.. Zero a 100 km/h 9,59 segundos. Velocidade máxima: 158 km/h. Câmbio seis velocidades. Freio a disco na frente e atrás. Suspensão traseira: mono amortecido. Rodas de liga leve aro 17. Alimentação por injeção eletrônica. Tanque 17 litros. Cores: Verde, preto, azul vermelha. Preço sugerido: r$ 15.550,00
O fabricante promove a Copa Ninja categoria 250, que este ano já está na quinta etapa.
                   

                                                          KASINSKI COMET 250 GTR

Comet 250 GTR, com mania de grandeza
 

Agora vamos falar da outra menina, KASINSKI COMET 250 GTR, que como afirmei também tem origem oriental. A fabricante (Kasisnki CR Zongshen) é de origem Chinesa, com montagem em Manaus, mas o motor Hionsong é Coreano. Uma linda moto com todos os trejeitos de uma esportiva e vem sem a inscrição das cilindradas na carenagem de propósito para ser confundida com a sua irmã maior de 650cc. A Comet 250, ao contrario da Ninja não é o modelo mais vendido da sua marca, mas não chega a fazer feio, pois está com 1.702 unidades emplacadas de janeiro a setembro de 2010, sendo desta forma a segunda moto mais vendida da categoria. Ao contrario da Ninja, com painel analógico, também um lindo painel digital e o motor de 2 cilindros em forma de V.
Vamos aos dados: Motor 2 cilindros em V, 249cc, 29,2 cv a 10.500 RPM.. Torque 2,31 Kgm a 8000 RPM. Cambio de 5 marcas. Rodas: liga leve aro 17. Zero a 100: não informado: Velocidade máxima: não informado. Freios a disco nas duas rodas. Suspensão traseira: mono amortecido. Alimentação: injeção eletrônica de combustível..Tanque: 17 litros.Preço: r$ 15.600,00 em duas cores. Cores: Preta, vermelha, branco-preta, vermelho-preta.
E então? Gostou? Está pensando em iniciar nas motos esportivas? Eis duas ótimas opções. A Ninja tem um pouco mais de potência e acabamento mais espartano. A Comet 250 GTR tem uma aparência mais bonita painel digital e uns dois cavalinhas a menos. Com qualquer uma das duas vai chamar a atenção por onde passar!!!!
 

11 Comments

  1. Anonymous 23 de janeiro de 2011
  2. Anonymous 2 de fevereiro de 2011
  3. Anonymous 26 de fevereiro de 2011
  4. Anonymous 7 de março de 2011
  5. basilio 21 de maio de 2011
  6. eduhermann 16 de setembro de 2011
  7. eduhermann 16 de setembro de 2011
  8. Anonymous 6 de novembro de 2011
  9. Anonymous 26 de novembro de 2011
  10. Anonymous 9 de janeiro de 2012
  11. Anonymous 25 de agosto de 2012

Add Comment