Traxx apresenta novidades no Salão Duas Rodas 2011.

Traxx Duna 600

Texto Fenabrave
Comentário: Nilson Silva
Para o Salão Duas Rodas, que acontece de 04 a 09 de outubro, em São Paulo, a Traxx adianta as novidades do seu portfolio 2012 que estarão presentes durante o evento. Dando um salto em potência, a Traxx traz para o mercado brasileiro a Dunna 600, modelo que amplia o mix de produtos da fabricante à categoria de motos de maior cilindrada e com forte apelo esportivo.

A primeira 600cc da Traxx vem oferecer aquilo que se procura num dos segmentos que mais crescem no mercado nacional: um bom equipamento, motor solícito, pneus de uso misto para viagens longas que incluem trechos off-road, design jovem, excelente nível de conforto e, acima de tudo, um preço difícil de contestar. 

O painel apresenta marcador de combustível, hodômetro total e parcial, tacômetro, indicador de marchas, neutro e luz alta. Graças à altura do assento ao solo (795 mm), o modelo facilita bastante a condução por pilotos não tão altos. A Dunna parece ter sido uma moto desenhada para o mercado nacional.

O modelo é equipado com um motor de 590 cm3, que desenvolve 35,35 CV a 6.000 rpm e tem torque de 4,6 kgfm a 4.500 rpm. Monocilíndrico refrigerado a água, com 4 válvulas e comando SOHC alimentado por injeção eletrônica e com câmbio de 5 marchas, que facilita a pilotagem. Suas grandes qualidades estão na agilidade e incrível estabilidade. Vem com pneus de uso misto e os freios são a disco nas duas rodas. Escolha o seu caminho.

Outra grande novidade é o novo modelo na categoria Trail, de 150 cc, que já foi batizada como Fly 150 e estará disponível nas revendas da marca nas cores preta, vermelha e amarela. A Fly 150 terá injeção eletrônica e motor com balanceador, com potência declarada de 9KW a 8500r/min e torque de 11N.m a 6500r/min. O modelo vem com suspensão traseira reforçada, suspensão dianteira invertida, piscas em led de maior durabilidade, freio a disco ventilado e com pistão duplo nas duas rodas com maior poder de frenagem e redução de temperatura e partida elétricas e a pedal. 

Outro diferencial deste modelo é o preço, que promete ser o melhor do mercado, fazendo desse novo modelo da Traxx a motocicleta Trail mais barata do Brasil.

A Traxx ainda irá apresentar mais um modelo de cinquenta cilindradas, uma CUB mais jovem e equipada que o modelo Star 50, o mais vendido da marca. As informações técnicas sobre este modelo ainda são sigilosas.

Nosso comentário: A Traxx apresentou duas versões desse modelo, salvo engano, carburado, no salão duas rodas de 2009. Assim como outras marcas também apresentaram protótipos de modelos que não chegaram a ser lançados. O cenário de 2009 era outro no mundo das Big Trail Nacionais. De lá pra cá a BMW G 560 GS se firmou, a Suzuki remodelou a 650 V Strom. A Kawazaki lançou a Versys 650, a Honda lançou a Transalp 700 e a marca Bávara acabou de lançar a F800, sucesso de vendas. O que isto significa? Quer dizer que a fábrica Sino-cearense vai ter que rebolar muito para conquistar  uma fatia boa do mercado.

Add Comment