Mercado de reposição de motopeças ganha novo fôlego no Nordeste

Centro de distribuição da Laquila

Entregas que demoravam até 4 semanas, agora podem ser feitas em até 48 horas, com o novo Centro de Distribuição da Laquila

Fonte: Engenharia de Comunicação.
Nos últimos três anos o Nordeste vem liderando as vendas em motocicletas no País. Acompanhar o crescimento do mercado de motos no Nordeste não tem sido tarefa fácil para fabricantes e importadores de peças e acessórios quando o assunto é reposição de peças. As lojas de motopeças necessitam de grandes estoques, ou a reposição por uma peça pode levar muito tempo.
Para aqueles que optam por este tipo de transporte uma simples manutenção pode gerar muita dor de cabeça. “Os principais distribuidores de peças estão localizados no sul e sudeste, devido a isso a demora na entrega pode chegar até 4 semanas. Considerando que nossos clientes necessitam de uma variedade muito grande de itens, o que torna difícil conseguir espaço de armazenagem em suas lojas”, explica Charlles dos Reis, gerente comercial da Laquila – importadora e distribuidora de motopeças que inaugurou recentemente um Centro de Distribuição em Fortaleza (CE).

O novo Centro de Distribuição da Laquila dá um novo fôlego ao mercado nordestino, proporcionando agilidade na logística de reposição. As operações começaram em janeiro e já contam com produtos como Kits Transmissão, discos de embreagem, bielas, câmaras de ar entre outros.

“O novo Centro de Distribuição deve garantir soluções imediatas para a falta de produtos para motociclistas no nordeste. Todos os produtos antes enviados do sul para a região estarão disponíveis localmente em grandes quantidades”, complementa Charlles.
O mercado brasileiro é o terceiro maior do mundo e tem uma produção anual de cerca de 1,5 milhões de motos, segundo dados da Abraciclo.

Add Comment